Anúncios
Literatura

O sertão andaluz

Através de túneis de museus
Museus-mosteiros, que mortiçam
a luz já velha, castelhana
sobre obras mortas de fadiga

Tudo ela convertia
No museu de Sevilha
Museu entre jardins
E caules de água viva

Os escritores não criam apenas obras. Os grandes escritores são também criadores de espaços geográficos, dando-lhes cores novas, indicando novos caminhos, novos pontos de vista, novas leituras de mundo. Quem não lê Eça ou Pessoa conhecerá Lisboa de maneira um tanto imperfeita, se comparado com quem os lê. O mesmo se passa com Unamuno e o País Basco, Baudelaire e Paris, Borges e Buenos Aires e muitos outros que falaram de suas terras sem cair no regionalismo rasteiro, ilegível para quem não nasceu nelas.

É o caso também de João Cabral de Melo Neto e o sertão. Embaixador brasileiro na Espanha – mais precisamente no sul daquele país – o poeta pernambucano descobriu no árido solo andaluz uma semelhança insuspeita com a sua região, tanto em questões menores como a pobreza quanto no sentimento da terra e do homem andaluz, habitante de uma Ibéria profunda e muito antiga, da qual o sertanejo e sua cultura medieval descendem.

Entre o sertão e Sevilha  é fruto desse encontro entre o sertanejo João Cabral de Melo Neto e os sevilhanos. Nele relemos o sertão e a Andaluzia e encontramos uma  irmandade entre as duas terras longínquas, aproximadas pela leitura sutil do poeta que enriquece nosso caminhar, seja pela Andaluzia, pelo sertão ou por qualquer outro lugar.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios

Apoio

INSTAGRAM DA ARTISTA YASSMINE PITOL

#watercolor #art #draw Brothers 💙 Greta é fã de "...E o vento levou" #gonewiththewind #cats #art 💙 Um processo (MUITO) demorado #oilpaint #art #arts #draw

Mais recentes

Estatísticas do blog

  • 2,312,440 visitas
%d blogueiros gostam disto: