Literatura, Livros

Eduardo Galeano e sua relação com “As veias abertas da América Latina”

A partir de 3:10

“Eu suponho que me passa com “As veias”  o mesmo que se passou entre Quino e “Mafalda” (…) É uma relação muito complexa e contraditória.  Por um lado é um livro do qual me orgulho, do qual não me arrependo uma virgula, que influiu, e influi bem, para muita gente, não só para o publico latinoamericano e de lingua espanhola como para outras latitudes. Por outro lado, me sinto preso a este livro, é como se tivesse me aposentado muito cedo (…) Depois escrevi outros livros, muito mais abertos à diversidade do mundo, sobre outros temas. Por sorte o mundo não termina na economia política”

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Estatísticas do blog

  • 4.688.371 visitas
%d blogueiros gostam disto: