Anúncios
Esportes

A força da marca Grêmio

8243880777_6005441729_b

Foto de Paulo Hopper

Na última semana a empresa de consultoria e auditoria BDO divulgou a lista dos clubes com as marcas mais valiosas do futebol brasileiro. As duas primeiras posições do ranking são ocupadas por Flamengo e Corinthians, detentores reconhecidamente das duas maiores torcidas do Brasil. O clube carioca chegou à liderança do ranking ocupada até o último ano pelo alvinegro paulistano muito por conta da valorização de mercado que o Flamengo vem tendo por conta dos gigantescos contratos de publicidade angariados pela instituição: somados todos acordos publicitários, os valores passam dos 80 milhões de reais anuais.

A terceira posição do ranking é ocupada pelo São Paulo, com o Palmeiras logo atrás, na quarta colocação. Mas o que chama mais atenção no ranking é o 5º colocado: o Grêmio Foot-ball Porto Alegrense, combalido e atordoado pela escassez de grandes conquistas há quase 15 anos.

A referência da ótima colocação do clube gaúcho no ranking não significa menosprezar a tradição histórica da equipe. É justamente o contrário: ainda que o clube viva momento dramático agravado pela ausência de títulos de expressão há mais de uma década, e não seja uma equipe do eixo Rio-São Paulo (local de concentração da maior riqueza e população do país), o tricolor gaúcho segue consolidado como uma das marcas mais fortes do futebol nacional em um ranking que ressalta a repercussão e as virtudes mercadológicas de cada uma das agremiações do país. O Grêmio está à frente, por exemplo, do Inter, um dos mais vencedores clubes brasileiros do século (6º), do atual bicampeão brasileiro Cruzeiro (7º) e do Santos (8º), que é sinônimo de futebol brasileiro para o resto do mundo (veja as demais posições mais abaixo).

Em suma: por trás dos escombros de anos terríveis e pouco vitoriosos, existe a força de uma camisa de três cores que não se deixa abater.

O fato que há de ser lamentado é o uso que o clube, através de sua administração, faz da sua própria capacidade. O Grêmio, 5ª marca mais valiosa do futebol brasileiro, tem cota televisiva programada de quase um terço das duas maiores marcas do país, e menor também que a de equipes cujas posições no ranking de marcas são inferiores a sua. (veja a previsão das Cotas de TV para o próximo triênio aqui), desfazendo do seu próprio poder de negociação. Torna ainda mais absurda a discrepância o fato de que os valores das cotas recebidos por cada clube são usados no ranking como valor agregado ao tamanho de suas marcas, ou seja, ainda que o Grêmio receba montante financeiro inferior, mantém-se na quinta colocação.

Em visão de mercado, os problemas são imensos. O clube inaugurou um dos estádios mais modernos da América há mais de 30 meses e só fez dele palco para brigas pessoais e mesquinhas. No futebol, enquanto negócios de diretores com empresários são criticados por supostos favorecimentos a atletas, o clube permitiu que ranços rasteiros como os de Luís Felipe Scolari com jogadores onerassem as finanças da instituição com atletas sendo pagos sem nenhum aproveitamento. Ações como estas repercutem terrivelmente mal no cenário econômico e mercadológico.

Mesmo com todos os problemas, a marca segue forte. A camisa do Grêmio, sua história, tradição e a paixão de sua torcida subsistem e lamentavelmente têm sido alicerces poderosos em que dirigentes despreparados e pouco competentes se escoram para auto-promoção e satisfações pessoais.

Apesar do claro distanciamento do clube como instituição de sua torcida, que vai da política de preços de ingressos e valores praticados no Quadro Social até a impossibilidade do ato singelo que é permitir ao seu torcedor comparecer com tranquilidade aos seus treinos, a marca do clube segue grande. Mas até quando a tradição, a história e a paixão vão, por si só, manter o Grêmio nesse patamar? O Grêmio pode mais. É preciso voltar ao caminho de grandezas para o qual foi destinado e abandonar a trilha da mediocridade recente.

fb93bf3a-d5ba-4d6e-92d2-5bf15f75c28e_Captura de tela inteira 13062015 140728

Fonte da imagem: BDO CONSULTORIA

Anúncios

Discussão

Um comentário sobre “A força da marca Grêmio

  1. O pior de tudo é se render a tv..

    Curtir

    Publicado por Normam | 27 de julho de 2015, 19:08

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios

Apoio

INSTAGRAM DA ARTISTA YASSMINE PITOL

Greta é fã de "...E o vento levou" #gonewiththewind #cats #art 💙 Um processo (MUITO) demorado #oilpaint #art #arts #draw Antes e depois de pintar. #watercolor #art 💙💙💙 #cats

Mais recentes

Estatísticas do blog

  • 2,304,714 visitas
%d blogueiros gostam disto: