Anúncios
Sem categoria

O preferido dos jovens

Já falamos aqui no Perspectiva sobre como o candidato à presidência do Partido Trabalhista inglês, Jeremy Corbyn, vem chamando a atenção pela sua retórica radical.

Os adversários de Corbyn qualificam seu discurso como setentista. É uma referência que só entenderá  quem conhece algo da história do trabalhismo na Grã-Bretanha: diz respeito aos governos do Labour nos anos 70, marcados pela nacionalização de setores estratégicos da economia, impostos progressivos, forte intervenção estatal e retórica dúbia sobre a Guerra Fria (pairava sobre seus membros a suspeita de serem agentes de Moscou).

Corbyn propõe algo parecido se chegar ao poder; mas sua base de apoio não vem dos velhos trabalhistas, que viveram aquela época e gostariam de a ela retornar. Vem dos jovens – que do trabalhismo só conheceram Tony Blair e o seu “New Labour”, mais centrista do que esquerdista e mais capitalista do que qualquer outra coisa.

E por que os jovens preferem Corbyn? Há quem explique pela falta de representatividade dos novos políticos britânicos, que não conseguem chegar ao eleitorado mais novo. Outros falam no desinteresse destes mesmos políticos por medidas direcionadas à juventude. O fato é que o número de jovens filiados ao Labour cresceu enormemente desde o lançamento da candidatura Corbyn. E eles se fazem sentir: organizam passeatas, eventos, palestras.

E é bem provável que se façam sentir também a partir do dia 14 de agosto de 2015, quando terão início as votações para a presidência do Partido Trabalhista.

Anúncios

Discussão

3 comentários sobre “O preferido dos jovens

  1. Felizmente nasce um contraponto ao desgoverno neoliberal daquele filhote de Eton (pensem numa Mackenzie DEZ vezes pior em termos de elitismo, moral seletiva e playboys que creem ser donos do mundo).

    Ah, do Blair faltou falar que ele merece uma vaguinha lá em Haia, como criminoso de guerra, ao lado daqueles sérvios da Bósnia e tal.

    Curtir

    Publicado por Diogo Terra | 11 de agosto de 2015, 09:23
    • Obrigado pela participação, Diogo.
      Corbyn é mesmo a antítese deste quadro que descreveste.
      Falta saber se conseguirá chegar ao poder.
      De qualquer forma, é uma das novas figuras da política internacional que temos em mente aqui no site.
      Um abraço

      Curtir

      Publicado por Celso Augusto Uequed Pitol | 13 de agosto de 2015, 16:47
      • Não acho que chegue ao poder, Celso. Pelo menos não em 2020.

        Azar deles, que se dizem a vanguarda política e moral do mundo – mas onde o Murdoch tem muito mais influência do que os Marinhos e Civitas por aqui…

        Pelo menos o Corbyn é uma boa surpresa – não como Trumps e Datenas que, aliás, recebem um destaque muito mais positivo, além de indevido.

        Curtir

        Publicado por Diogo Terra | 17 de agosto de 2015, 09:36

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios

Apoio

INSTAGRAM DA ARTISTA YASSMINE PITOL

#workinprogress #gremio Work in progress #oilpaint #gremio 🏆🏆🏆🎈🎈🎈🇪🇪🇪🇪🇪🇪🇧🇼🇧🇼🇧🇼💙💙💙 💙 #Runners Sunny

Mais recentes

Estatísticas do blog

  • 2,337,506 visitas
%d blogueiros gostam disto: