Anúncios
Esportes

A Seleção rival de seus clubes

unnamed (2)

É discussão antiga o afastamento da Seleção Brasileira de futebol do carinho popular e a sensação de desapego com a amarelinha. As lideranças da CBF, os treinadores escolhidos e o visível descompromisso de jogadores em vestir a camiseta mais pesada da história do futebol tiveram enorme parcela de contribuição no distanciamento de Seleção  e torcida. Suspeitas de corrupção, desvio de dinheiro ou uso da marca para benefícios pessoais: são todos elementos que contribuem para um desgaste da imagem da esquadra brasileira. Mas há um detalhe que é ainda mais simples do que todos os outros: a Seleção compete com os clubes brasileiros.

Dentro de cada torcedor do futebol, via de regra, há um clube. O clube fomenta a paixão pelo esporte dentro do cidadão. Vivenciar uma partida de sua equipe no estádio, torcer nas boas e nas ruins, vibrar com a vitória e sofrer com os insucessos: o futebol vive dos clubes, e seus clubes vivem – ou deveriam viver – por suas torcidas. Torcer por um clube é a sensação de pertencimento dentro do futebol. É a projeção de sua maneira de enxergar o jogo vestida pelas cores de sua equipe. O clube do coração vem, portanto, em primeiro lugar. O próprio conceito de Seleção brasileira tem mesma lógica: é formada pelos (teoricamente) melhores jogadores dos clubes.

Há um detalhe no calendário brasileiro que poucos campeonatos no mundo possuem. Quando a Seleção Brasileira joga não ocorre interrupção nas rodadas dos campeonatos nacionais.  Significa dizer que o Brasil joga em um horário e o seu clube joga logo depois. Em campeonatos do mundo inteiro as competições param nas chamadas “Datas FIFA”. No Brasil, não. Logo após uma partida da Seleção Brasileira em algum estádio mundo afora, há um jogo dos principais torneios brasileiros acontecendo por aqui.

Esqueça, por um momento, as restrições contra a CBF por suspeitas de condutas ilícitas. Esqueça que há pouco tempo noticiou-se que as convocações da Seleção atendem oficialmente a interesses comerciais que impõe convocações de determinados jogadores. Esqueça que o Brasil joga mais frequentemente em Londres do que no Rio de Janeiro. Esqueça que o Brasil levou 7 x 1 da Alemanha e foi eliminado duas vezes seguidas pelo Paraguai na Copa América. Deixando de lado todas estas análises, como torcer com carinho pela Seleção Brasileira quando ela prejudica, deliberadamente, o seu clube?

A convocação de um jogador para Seleção deveria ser motivo de orgulho para o atleta, clube e torcida. Atualmente, é razão para dor de cabeça das equipes com jogadores convocados. Para cada vez que, por exemplo, Elias, Marcelo Gröhe e Lucas Lima forem convocados, Corinthians, Grêmio e Santos terão seus times titulares prejudicados em função da Seleção brasileira. Como olhar para camisa do Brasil com carinho se seu time é prejudicado em função dela?

Caricaturalmente, equipes estreladas com maior parte de seus elencos convocadas como Barcelona, Real Madrid e Bayern de Munique seriam inviáveis no futebol brasileiro. A cada “Data FIFA”, não haveria time para colocar em campo. Em 2012, Neymar perdeu 19 jogos do Santos pelo Brasileirão por estar servindo à Seleção. Com ele em campo, a equipe paulista tinha aproveitamento de 73%. Sem ele, o rendimento caía para 24%. Como reparar o prejuízo técnico do Santos naquele campeonato?

Reorganizar o calendário brasileiro é solução para melhorar o futebol no país internamente e também, por conseqüência, a imagem da Seleção perante os torcedores. Ver o jogador de seu clube representar o Brasil deve ser motivo de júbilo, e não de raiva e irritação por obrigar o desfalque de seu time.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios

Apoio

INSTAGRAM DA ARTISTA YASSMINE PITOL

O nome é Yassmine, o sobrenome é... 😊😊 Falando um pouco sobre (contra o) marketing infantil durante o #IACL , evento incrível que ocorreu na Faculdade de Direito da #UFRGS. #workinprogress #watercolor 😊 🌞🌞 #skyline

Mais recentes

Estatísticas do blog

  • 2,279,022 visitas
%d blogueiros gostam disto: