Anúncios
Esportes

A Primeira Liga, “Copa Sul-Minas-Rio”, vai sair

ligao

A última semana foi dramática para a organização da Primeira Liga, também chamada de Copa Sul-Minas-Rio. As declarações de Alexandre Kalil em seu twitter, afirmando que “É uma pena. Agora, eu entendo claramente por que conspiraram contra mim. A Liga acabou. Eu avisei.” geraram a impressão de que o torneio iria naufragar antes mesmo de zarpar. Kalil foi um dos grandes incentivadores da competição e manteve desde o início posição firme contra a organização atual do futebol brasileiro. No mês de dezembro anunciou sua saída da composição da liderança da competição, permanecendo apenas como apoiador do evento, em polêmica que quase custou a própria realização da Liga.

A revolta de Alexandre Kalil na última semana tinha uma razão: a Primeira Liga travou diálogo com a federação de futebol do Rio de Janeiro (FERJ), estudando a possibilidade de ceder em algumas diretrizes para viabilizar, sem maiores problemas, a própria organização do torneio. A FERJ é adversária contumaz da competição e ameaçou os clubes cariocas com sanções administrativas e esportivas caso disputassem o torneio. Nas últimas horas, a ameaça se confirmou: apesar do diálogo com a entidade de futebol do Rio de Janeiro, Flamengo e Fluminense foram punidos com a retirada de suas cotas de televisão referentes à disputa do Campeonato Carioca 2016. A FERJ concorda apenas com a participação de Flamengo e Fluminense em duas partidas da nova competição, “sob caráter de amistosos”. A primeira fase do torneio, no entanto, tem três jogos. Mais polêmicas virão do Rio de Janeiro.

Até D’Alessandro, capitão do Internacional, discursou publicamente contra a competição. Depois, criticado pela direção do clube, se retratou.

Na tarde de segunda-feira, 25 de janeiro, a CBF emitiu comunicado: a entidade proíbe a realização do evento com caráter oficial, seguindo o mesmo que a FERJ adotou em relação aos clubes do Rio de Janeiro. Os organizadores da Primeira Liga garantem o início da competição.

Com intensas discussões e problemas, começa quarta-feira a primeira edição da Liga Sul-Minas-Rio, com Fluminense x Atlético Paranaense abrindo a competição. As dificuldades de vencer o sistema mandatário atual do futebol brasileiro já eram altíssimas para que fosse organizada uma competição independente. A desunião dos clubes agravou a situação. A Primeira Liga nasce com uma cota televisiva de R$ 5 milhões (a expectativa era de 100 milhões de reais), farpas trocadas entre seus dirigentes na imprensa e mais dúvidas do que certezas a respeito de sua organização. Ainda assim, há esperanças no seu sucesso. Com preços promocionais na maior parte dos jogos, inicia quarta-feira o torneio que deseja revolucionar o futebol brasileiro.

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios

Apoio

INSTAGRAM DA ARTISTA YASSMINE PITOL

😊😊 Essa aquarela foi finalizada neste final de semana, mas sempre acho interessante lembrar dos momentos em que a tinta estava secando :) #watercolor #aquarela #gaucho #arts #art 💙💙💙 #sunset #nofilter #TBT 💙 Finalizado #arts #art # #watercolor

Mais recentes

Estatísticas do blog

  • 2,269,430 visitas
%d blogueiros gostam disto: