Anúncios
Sem categoria

A grande final do Australian Open 2016

VEJA AQUI: Angelique Kerber, campeã do Australian Open 2016

VEJA AQUI: Quem vai parar Novak Djokovic?


kerb 2

A partida disputada entre Serena Williams e Angelique Kerber pela final do Australian Open foi digna de uma final de Grand Slam, recompensando todos aqueles que decidiram acordar cedo neste sábado, 30/01.

De um lado, Serena Williams. Com 21 títulos de Grand Slam, a americana pretendia igualar a alemã Steffi Graff, que ao longo de sua carreira conquistou 22 troféus. De outro, Angelique Kerber, 28 anos, em sua primeira final de Grand Slam.

O jogo foi equilibradíssimo.  Disputado ponto a ponto, contrapondo os winners de Serena à perseverança de Kerber (que correu atrás de absolutamente todas as bolas), tornou-se impossível, no decorrer da partida, adivinhar quem sairia de quadra com o troféu.

Quis o destino, contudo, que a pessoa destinada a impedir (ou ao menos adiar) o sonho de Serena em igualar os 22 Grand Slams vencidos pela alemã Steffi Graff fosse, justamente, outra alemã – a primeira a vencer um Grand Slam desde a própria Steffi Graff, no já longínquo 1999.

g_300116_lockerroom_fiona_10

Kerber no vestiário, com seu troféu

Muitos se perguntavam como Angelique Kerber lidaria com a pressão natural decorrente da estreia em uma final de Grand Slam, mormente porque do outro lado estaria Serena Williams. A alemã, entretanto, não se deixou impressionar, seja pela primeira final, seja pela mítica  adversária. Jogou com muita inteligência, além de apresentar uma precisão impressionante. Essa precisão fez com que cometesse poucos erros não forçados durante a partida (foram 13, contra 46 de Serena Williams). Capacitou-lhe, ainda, a fazer 5 aces (apenas 2 a menos do que Serena), e a cometer apenas 3 duplas faltas (contra 6 de Serena). A intensidade e a precisão de Kerber, retornando de forma competente vários dos saques de Serena, acabaram por retirar um pouco da confiança da americana. Acostumada a ter no seu primeiro saque uma arma eficiente, Serena viu o seu serviço ser quebrado em cinco oportunidades, o que foi essencial para que Kerber vencesse a partida e, consequentemente, o torneio.

Entretanto, a frieza dos números não consegue demonstrar com eficiência o que mais se destacou no jogo da alemã: o coração. Kerber jogou com uma raça digna de aplausos, com um agir irresignado, típico de uma campeã, espírito que, aliás, já havia demonstrado no jogo contra Azarenka, pelas quartas de final (também espetacular, no qual virou o segundo set após estar perdendo de 5×2). Foi fria (porque soube abstrair todo o ineditismo do momento que estava vivendo), mas não foi amorfa. Respeitou Serena, mas não agiu com temor reverencial. Inclusive, vale comentar que durante o jogo, apesar da dificuldade que vinha enfrentando, Serena aparentou estar “curtindo” a intensidade da partida, inclusive aplaudindo alguns dos pontos vencidos pela alemã.

ker e ser

Kerber e Serena na cerimônia de premiação – tão sensacional quanto a partida foi a elegância da americana, com justiça chamada pelos fãs de “Queen Serena”

Ao final, após vencer o jogo por 2×1 de forma brilhante, quebrando o serviço da americana (logo após ter o seu próprio serviço quebrado o que, vale o destaque, também não a abalou), Kerber recebeu o abraço afetuoso de Serena que, elegante e com um imenso sorriso no rosto, atravessou a quadra para lhe cumprimentar. O final representou a cereja do bolo em uma partida memorável, do tamanho de uma final de Grand Slam. O tênis feminino agradece. Que o ano nos presenteie com mais partidas como essa.

 

 

Anúncios

Sobre Yassmine Uequed Pitol

Yassmine Uequed Pitol nasceu em Porto Alegre em 30 de maio de 1984. Graduada em Direito em 2011 pela Uniritter. Pós graduada em Direito do Consumidor pela Ufrgs (2014). Cursou Artes Visuais na Ufrgs.Atualmente cursa Pós Graduação em Direito Processual Civil na Uniritter e mestrado em Direito no Unilasalle. Yassmine gosta de jogar futebol e de correr. Pintora e desenhista, acompanha futebol, filmes, seriados, música e tênis. No Perspectiva Onlina, escreve sobre tudo isso e muito mais.

Discussão

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: Australian Open – grade de horários do dia 25/01/2016 (SCHEDULE 01/25) | PERSPECTIVA ONLINE - 30 de janeiro de 2016

  2. Pingback: TABELA – AUSTRALIAN OPEN 2016 (ATUALIZADA EM 29/01/2016) | PERSPECTIVA ONLINE - 30 de janeiro de 2016

  3. Pingback: Australian Open 2016 – horários do dia 31/01 (final masculina) | PERSPECTIVA ONLINE - 30 de janeiro de 2016

  4. Pingback: Australian Open – grade de horários do dia 30/01/2016 (SCHEDULE 01/30) | PERSPECTIVA ONLINE - 30 de janeiro de 2016

  5. Pingback: Australian Open – grade de horários do dia 26/01/2016 (SCHEDULE 01/26) | PERSPECTIVA ONLINE - 30 de janeiro de 2016

  6. Pingback: Australian Open – grade de horários do dia 21/01/2016 (SCHEDULE 01/21) | PERSPECTIVA ONLINE - 30 de janeiro de 2016

  7. Pingback: Australian Open – grade de horários do dia 27/01/2016 (SCHEDULE 01/27) | PERSPECTIVA ONLINE - 30 de janeiro de 2016

  8. Pingback: Quem vai parar Novak Djokovic? | PERSPECTIVA ONLINE - 31 de janeiro de 2016

  9. Pingback: Angelique Kerber, a Campeã do Australian Open 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 1 de fevereiro de 2016

  10. Pingback: Australian Open 2016 Fashion: as roupas dos tenistas (ATUALIZADO em 23/01/2016) | PERSPECTIVA ONLINE - 3 de fevereiro de 2016

  11. Pingback: Novak Djokovic – Campeão do Australian Open 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 4 de fevereiro de 2016

  12. Pingback: Entenda como funciona o ranking da WTA (e a sua diferença para o “Road to Singapore”) | PERSPECTIVA ONLINE - 4 de fevereiro de 2016

  13. Pingback: FED CUP 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 4 de fevereiro de 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios

Apoio

INSTAGRAM DA ARTISTA YASSMINE PITOL

Greta é fã de "...E o vento levou" #gonewiththewind #cats #art 💙 Um processo (MUITO) demorado #oilpaint #art #arts #draw Antes e depois de pintar. #watercolor #art 💙💙💙 #cats

Mais recentes

Estatísticas do blog

  • 2,305,489 visitas
%d blogueiros gostam disto: