Anúncios
Esportes

Toluca, San Lorenzo e LDU: conheça os adversários do Grêmio no grupo 6 da Libertadores 2016

VEJA TAMBÉM:

O Guia da Copa Libertadores de 2016

12722445_938637652887237_1104768155_o

Arte: Yassmine Uequed Pitol

Confira também:

GRUPO 1: River Plate, São Paulo, The Strongest e Trujillanos: o Grupo 1 da Libertadores 2016

GRUPO 2: Nacional, Palmeiras, Rosario Central e River Plate-URU: o grupo 2 da Libertadores 2016

GRUPO 3: Boca Juniors, Racing, Deportivo Cali e Bolivar: o Grupo 3, da Libertadores 2016

GRUPO 4: Peñarol, Atlético Nacional, Sporting Cristal e Huracán: o Grupo 4 da Libertadores 2016

GRUPO 5: Atlético Mineiro, Colo-Colo, Melgar e Independiente Del Valle: o grupo 5 da Libertadores 2016

GRUPO 6: San Lorenzo, Grêmio, LDU e Toluca: o grupo 6 da Libertadores 2016

GRUPO 7: Olimpia, Deportivo Táchira, Emelec e Pumas: o grupo 7 da Libertadores 2016

GRUPO 8: Corinthians, Cerro Porteño, Cobresal e Independiente Santa Fé: o grupo 8 da Libertadores 2016

12755321_938653729552296_1294050906_o

No caminho rumo ao sonho do tricampeonato da Copa Libertadores da América de 2016 coube ao Grêmio o Grupo 6, possivelmente o mais forte da competição. Toluca, do México, o tradicional San Lorenzo, da Argentina e a Liga Deportiva Universitaria – LDU, do Equador, disputam com o clube gaúcho uma das duas vagas rumo às oitavas de final do torneio. Para entender um pouco mais do grau de dificuldade do grupo e situar os torcedores no coração da América, o Perspectiva Online preparou um resumo de quem são os principais adversários do Grêmio na Copa Libertadores da América de 2016.

SAN LORENZO – ARGENTINA

Adversário mais conhecido do grupo, e também o mais temido, o forte San Lorenzo de Almagro é sediado na capital argentina de Buenos Aires. A atual década é gloriosa para o clube argentino. Recentemente, o clube conquistou um campeonato argentino e a tão cobiçada Copa Libertadores da América, em 2014 – ocasião em que eliminou o próprio Grêmio do torneio. Em janeiro deste ano, foi anunciada a volta do clube para a antiga sede do bairro de Boedo, aonde se encontrava o antigo estádio da equipe. O clube ganhou ainda maior fama mundial recente com a escolha de Jorge Bergoglio, o Papa Francisco, para liderar a Igreja Católica: o sacerdote é fanático por “El Ciclón” e sócio desde criança.

73006_ori_pedro_bidegain_nuevo_gasometro_

Estádio Nuevo Gasometro

A viagem para Buenos Aires é a mais curta e tranquila para o Grêmio, mas o San Lorenzo é o adversário mais forte. O estádio Nuevo Gasometro, com capacidade para 44 mil pessoas, exerce forte pressão sobre os adversários. Camisa, tradição, torcida e uma forte equipe: o clube conseguiu manter a base campeã da América de 2014. O time-base é:

Torrico; Buffarini, Caruzzo, Fontanini e Emmanuel Más; Ortigoza, Mercier, Villalba e Blanco; Cauteruccio e Mauro Matos

O elenco do San Lorenzo conta ainda com o habilidoso e experiente meia Romagnoli e o polivalente centromédio Fernando Belluschi, recém contratado pela equipe. No time titular, Ortigoza, Torrico, Buffarini, Más, Villalba e Cauteruccio  são remanescentes do título inédito de 2014. O meia Blanco é o principal reforço da equipe. Comprado por 2 milhões de euros, é a esperança do San Lorenzo para a criação de jogadas

  • Agradecendo a colaboração do leitor “Boedo”, publicamos suas impressões a respeito de algumas das contratações do San Lorenzo e plantel do clube argentino

“Ezequiel Cerutti: Mejor refuerzo. Delantero más veloz del Fútbol Argentino y con mucha técnica. Figura en los tres partidos que disputó. Comprado a Estudiantes por Usd 3.1 millones.

Fernando Belluschi: Muy buen refuerzo. Mediocampista polifuncional. Se adaptó muy bien y fue importante en los partidos que le tocó disputar. Mucha calidad y gran pegada a distancia. Vino libre desde México.

Marcos Angeleri: Buen refuerzo. Defensor central de calidad europea que volvió a Argentina por problemas familiares. Muy rápido.Todavía debe adaptarse al estilo de juego que quiere el entrenador. Comprado al Málaga.

Paulo Díaz: Incógnita. Defensor chileno polifuncional que ya fue entrenado por Pablo Guede en Palestino. Aún no jugó en San Lorenzo por problemas con la transferencia, que ya fue solucionado.

Pedro Franco: Mal estado físico. Defensor central colombiano con participación en su selección nacional. Jugó un solo partido y se lo vio mal física y futbolísticamente. Tiene que ponerse en forma.

Equipo titular: Torrico; Buffarini, Angeleri, Caruzzo, Mas; Mussis; Belluschi, Ortigoza, Blanco; Cerutti, Cauteruccio.

Suplentes de calidad: Navarro (arquero), Mercier, Quignón, Romagnoli, Barrientos, Villalba, Matos, Blandi.

Incógnitas y resto del plantel: Díaz, Franco, Tapia, Senesi, Prósperi, Mieres, Montoya, Kalinski, Ávila.”

TOLUCA – MÉXICO

Aparentemente o representante menos expressivo do Grupo 6, o Toluca é uma equipe com história e tradição. Com 99 anos de idade, o clube prepara uma grande reforma em seu estádio para presentear seu torcedor no ano do centenário, em 2017. O estádio Nemesio Diez tem o apelido de “Bombonera Mexicana”, pela pressão que exerce nos adversários dentro de campo. As dimensões são modestas. Próximo ao gramado, o estádio tem hoje capacidade para cerca de 20 mil pessoas e será ampliado para a lotação de 35 mil no próximo ano. O Nemesio Diez recebeu ainda jogos das Copas de 1970 e de 1986.

neme

Estádio Nemesio Diez

Um dos adversários clássicos e mais temidos da Copa Libertadores se faz presente na cidade de Toluca. O município, com cerca de 500 mil habitantes, fica a uma altitude de quase 2,5 mil metros acima do nível do mar. Há ainda uma adversidade climática para o Grêmio: a Libertadores para os clubes da América do Sul começa no alto verão. No México, não será assim: no hemisfério norte a estação corrente é o inverno. As últimas semanas marcaram temperaturas máximas de 20ºC na cidade de Toluca e mínimas de 2ºC, especialmente à noite.

Apesar de menos tradicional na Copa Libertadores da América do que os demais membros do grupo 6, não convém ignorar os perigos técnicos que podem ser oferecidos pelo Toluca. Os clubes mexicanos têm um poderio financeiro superior à média sul-americana – como se pôde observar no caso do Tigres, na edição de 2015 do torneio. A equipe classificou para a Copa Libertadores de 2016 por meio do sistema de convites da CONMEBOL à equipes mexicanas, tendo atingido o critério de ficar entre os dois melhores times que não classificaram para Liga dos Campeões da CONCACAF (o torneio continental a que os clubes mexicanos teriam o direito de disputar) no torneio nacional do México.

O time-base do Toluca é: Talavera; Óscar Rojas, Paulo Da Silva, Galindo, Christian Pérez; Antonio Ríos, Esquivel, Bottinelli e Christian Cueva; Triverio e Fernando Uribe.

O centroavante Fernando Uribe é um dos destaques da equipe. O colombiano é o artilheiro do time e também um velho conhecido do Grêmio: em 2014, defendendo as cores do Atletico Nacional, de Medellin, enfrentou o clube gaúcho na fase de grupos.

O meia Bottinelli também é conhecido dos brasileiros. O argentino atuou por 3 anos e meio no futebol brasileiro por Flamengo e Coritiba tendo razoável sucesso no clube carioca.

O principal jogador é o peruano Christian Cueva. Habilidoso, fez parte da Seleção Peruana que terminou a Copa America de 2015 na terceira colocação e é a grande referência técnica da equipe.

GRÊMIO – BRASIL

Se para o Grêmio o grupo 6 reservou um caminho duro e complicado, para o Grupo 6 o clube gaúcho é um dos piores pesadelos possíveis. Clube de chegada, tradição e camisa na Copa Libertadores, o tricolor classificou-se para a competição por ter alcançado a 3ª colocação no Campeonato Brasileiro de 2015, em que empolgou seus torcedores e surpreendeu o país com um futebol envolvelmente e “intenso”, a principal marca do time do treinador Roger Machado.

Vivendo uma seca de quase 15 anos sem uma grande conquista, o clube vê na Copa Libertadores a grande possibilidade de redenção deste período de seca. Forte historicamente em competições no sistema mata-mata e segundo maior participante brasileiro na competição, o Grêmio já foi campeão por duas vezes, além de outros dois vice-campeonatos. Nos últimos 4 anos, disputou o torneio três vezes.

A Arena do Grêmio é palco de orgulho e dúvida para seu torcedor. Com capacidade para 60 mil pessoas (hoje, apenas 54 mil lugares são liberados), o estádio atende aos mais altos padrões de conforto e segurança do mundo e tem uma relação conturbada com clube e torcida. Há entre os torcedores os que não conseguiram transferir a ligação sentimental que havia com o Estádio Olímpico Monumental para a Arena do Grêmio, em especial por conta dos imbróglios contratuais e farpas trocadas entre dirigentes e construtora dos últimos anos.

arenaGremio

Arena do Grêmio, em Porto Alegre

Time-base do Grêmio: Marcelo Gröhe; Wallace Oliveira, Pedro Geromel, Kadu e Marcelo Oliveira; Wallace, Maicon, Giuliano, Bolaños e Luan; Henrique Almeida

O principal destaque do Grêmio hoje é Luan. Jovem, habilidoso e técnico, foi o grande nome do clube no ano de 2015. A surpreendente e cara contratação de Bolaños, vindo do Emelec, também merece destaque: foi um dos jogadores que fizeram mais gols no mundo no ano de 2015. Marcelo Grohe, convocado para a Seleção Brasileira, e Pedro Geromel, destaque na zaga, também merecem referência.

LIGA DEPORTIVA UNIVERSITARIA – LDU – EQUADOR

Sediada na belíssima Quito, capital do Equador, a LDU tem história de sucessos recentes no continente e oferece dificuldades a seus adversários jogando em seus domínios. A cidade, com cerca de 2.4 milhões de habitantes, fica a 2.850 metros de altitude em relação ao nível do mar. Quito recebe quase 1 milhão de turistas por ano e tem temperaturas médias de 16 ºC nesta época do ano.

O Estádio “La Casa Blanca”, da Liga Deportiva Universitaria, é motivo de orgulho e simboliza a nova era do clube. Com capacidade para 42 mil espectadores sentados, e até 55 mil torcedores liberando setores para se torcer em pé, foi depois de sua inauguração, em 1997, que a LDU teve suas maiores glórias. No século atual o clube se tornou grande conhecidos dos clubes brasileiros e também sul-americanos:  a equipe ostenta um título da Copa Libertadores da América em 2008 e uma conquista da Copa Sul-Americana de 2009 em seu currículo. O time-base do Equador na Copa do Mundo de 2006 era composto em grande parte por jogadores da LDU.

IMG0253-XL

Estádio La Casa Blanca

A LDU também guarda relação com o Grêmio em um aspecto importante da história do clube gaúcho. A primeira partida oficial da Arena do Grêmio foi disputada contra os equatorianos, em janeiro de 2013, pela fase preliminar da Copa Libertadores da América, em jogo que terminou com vitória de 1 x 0 para o clube gaúcho e ficou marcado por três fatos: o belíssimo gol de Elano, as mensagens de apoio da torcida gremista à Santa Maria pelo incêndio da Boate Kiss e pela queda do alambrado da geral do Grêmio.

A LDU se classificou para a Libertadores com a maior pontuação das duas etapas (os dois turnos) do campeonato equatoriano, em que perdeu a final para o Emelec.

O time-base da LDU é:

Domínguez; José Madrid, Araujo, Luis Romero e Estupiñán; Hidalgo, Cevallos Jr., Edson Puch e José Quinteros; Diego Morales e Jonatan Álvez.

O principal nome da equipe é o goleiro Domínguez, titular da Seleção do Equador na Copa do Mundo de 2014. O meia Edson Puch, chileno, também chama a atenção: trazido do Huracán, da Argentina, o jogador é presença constante nas listas de convocados de Jorge Sampaoli para o Chile.

.

Anúncios

Discussão

10 comentários sobre “Toluca, San Lorenzo e LDU: conheça os adversários do Grêmio no grupo 6 da Libertadores 2016

  1. San Lorenzo.

    Refuerzos 2016.
    ———————-
    Ezequiel Cerutti: Mejor refuerzo. Delantero más veloz del Fútbol Argentino y con mucha técnica. Figura en los tres partidos que disputó. Comprado a Estudiantes por Usd 3.1 millones.

    Fernando Belluschi: Muy buen refuerzo. Mediocampista polifuncional. Se adaptó muy bien y fue importante en los partidos que le tocó disputar. Mucha calidad y gran pegada a distancia. Vino libre desde México.

    Marcos Angeleri: Buen refuerzo. Defensor central de calidad europea que volvió a Argentina por problemas familiares. Muy rápido.Todavía debe adaptarse al estilo de juego que quiere el entrenador. Comprado al Málaga.

    Paulo Díaz: Incógnita. Defensor chileno polifuncional que ya fue entrenado por Pablo Guede en Palestino. Aún no jugó en San Lorenzo por problemas con la transferencia, que ya fue solucionado.

    Pedro Franco: Mal estado físico. Defensor central colombiano con participación en su selección nacional. Jugó un solo partido y se lo vio mal física y futbolísticamente. Tiene que ponerse en forma.

    Equipo titular: Torrico; Buffarini, Angeleri, Caruzzo, Mas; Mussis; Belluschi, Ortigoza, Blanco; Cerutti, Cauteruccio.

    Suplentes de calidad: Navarro (arquero), Mercier, Quignón, Romagnoli, Barrientos, Villalba, Matos, Blandi.

    Incógnitas y resto del plantel: Díaz, Franco, Tapia, Senesi, Prósperi, Mieres, Montoya, Kalinski, Ávila.

    Curtir

    Publicado por Boedo | 16 de fevereiro de 2016, 02:42

Trackbacks/Pingbacks

  1. Pingback: River Plate, São Paulo, The Strongest e Trujillanos: o Grupo 1 da Libertadores 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 17 de fevereiro de 2016

  2. Pingback: Nacional, Palmeiras, Rosario Central e River Plate-URU: o grupo 2 da Libertadores 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 17 de fevereiro de 2016

  3. Pingback: Boca Juniors, Racing, Deportivo Cali e Bolivar: o Grupo 3, da Libertadores 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 17 de fevereiro de 2016

  4. Pingback: Atlético Mineiro, Colo-Colo, Melgar e Independiente Del Valle: o grupo 5 da Libertadores 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 17 de fevereiro de 2016

  5. Pingback: Peñarol, Atlético Nacional, Sporting Cristal e Huracán: o Grupo 4 da Libertadores 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 17 de fevereiro de 2016

  6. Pingback: Corinthians, Cerro Porteño, Cobresal e Independiente Santa Fé: o grupo 8 da Libertadores 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 17 de fevereiro de 2016

  7. Pingback: Olimpia, Deportivo Táchira, Emelec e Pumas: o grupo 7 da Libertadores 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 17 de fevereiro de 2016

  8. Pingback: O Guia da Copa Libertadores de 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 18 de fevereiro de 2016

  9. Pingback: Tabela – COPA LIBERTADORES DA AMÉRICA 2016 | PERSPECTIVA ONLINE - 25 de fevereiro de 2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios

Apoio

http://www.rainhadasnoivas.com.br/

INSTAGRAM DA ARTISTA YASSMINE PITOL

Eu e a minha amiga querida @bgraziuso , felizes hoje, logo após participarmos de mesa redonda junto à turma da graduação em Direito da Unisinos, em uma manhã muito enriquecedora e divertida! Obrigada ao prof. @mcatalan1973 pela imensa oportunidade! (Obs. Faltou a Carla Froener, que também participou do evento - e falou muito bem - na foto!) #cansada #runners 🏃 Fê, hoje é o teu dia (eu sei que tu adora comemorar o teu aniversário!). Sigo a nossa tradição, que se mantém desde o início dessa amizade tão valiosa, te desejando, do fundo do meu coração, toda a felicidade do mundo! Sou muito feliz por ser amiga de alguém tão inspiradora, sensível e especial! Feliz aniversário, com muito amor ❤❤❤ (corações vermelhos em respeito ao teu dia!) Obs. Olha as fotos que eu achei hahaha ❤❤ @fernandatrama_ ⭕⚪⚫👍#arts #gremio Quase #arts #gremio

Mais recentes

Estatísticas do blog

  • 2,254,784 visitas
%d blogueiros gostam disto: