Anúncios
Sem categoria

Saiba mais sobre E.J. Brady, autor do poema de Melbourne

nla.pic-vn3704359-v

Fonte

Edwin James Brady nasceu em 7 de agosto de 1869 em Carcoar, perto de Bathurst, Nova Gales do Sul. Filho dos imigrantes irlandeses Edwin John Brady, um agente da polícia e sua esposa, Hannah (ne Kenny). Brady começou a estudar em Oberon, à beira do Great Dividing Range. Em 1881, quando tinha 12 anos de idade, sua família mudou-se para Washington DC nos Estados Unidos. Eles voltaram para a Austrália no ano seguinte e se estabeleceram em Sydney, onde Brady retomou sua escolaridade.

No final da década de 1880, Brady trabalhou como balconista nos cais de Sydney. Acredita-se que suas experiências tenham promovido dois interesses importantes que emergiriam mais tarde como temas de sua escrita: o interesse pela vida no mar e o compromisso com a política trabalhista. Depois de ser demitido d durante as greves marítimas de 1890, Brady tornou-se cada vez mais ativo no movimento sindical e, durante a década de 1890, trabalhou como jornalista e editor de vários jornais socialistas.

De 1900 a 1903, Brady foi proprietário e editor do Grafton Grip (jornal), depois retornou a Sydney para criar a Agência de Imprensa da Commonwealth. Em 1906, Brady mudou sua agência de Melbourne, onde ele também editou o jornal literário The Native Companion, de curta duração. Depois de uma viagem ao Sudeste Asiático, em 1912, ele voltou a morar em Mallacoota, na região de East Gippsland, em Victoria. Durante o resto de sua vida, Brady morou em Mallacoota e Melbourne, dividindo seu tempo entre a escrita, o jornalismo e vários esquemas de negócios. Brady morreu no hospital em Pambula, Nova Gales do Sul, em 22 de julho de 1952.

Brady começou a contribuir com poemas para os jornais de Sydney no início da década de 1890. Grande parte de seu trabalho foi publicado no Boletim , um importante fórum para escritores australianos da década de 1890, e em 1899 a Boletim publicou a primeira coleção de poesia de Bradys, The Ways of Many Waters .

Trecho de seu poema “Longe e Extenso” aparecem no intervalo dos jogos do Australian Open, primeiro Grand Slam de tênis do ano. Nele, podemos ver como a temática marinha aparecia em seu estilo.

 

 

Anúncios

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Anúncios

Cartões da coleçao “Espaços do meu olhar”, de Yassmine Uequed Pitol

INSTAGRAM DA ARTISTA YASSMINE PITOL

#tbt desenho de 2014 (pastel oleoso e lápis sobre papel canson) #Runners Desenhando desde ... Esperando secar a tinta #oilpaint #workinprogress Passo a passo #watercolor Verão

Mais recentes

Estatísticas do blog

  • 2,563,744 visitas
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: