Anúncios
Cultura, Ecologia, Mundo

Europa branquinha – a onda de frio na Europa

  • Nessa semana pipocaram na internet imagens de diversas cidades europeias bem branquinhas, cobertas de neve, devido à “besta vinda do leste”, uma forte onda de frio proveniente de ventos vindos da Sibéria. 

 

 

globe arctic blast

O mapa acima ilustra em quais partes da área retratada – Europa, África, parte da Ásia e Ártico – as temperaturas encontram-se acima (e abaixo) da média para essa época do ano.

 

  • Na realidade, esse frio que assola a Europa é resultado de toda uma conjuntura de fenômenos climáticos, como o “calor” anormal – para essa época do ano – na região do Ártico, onde a temperatura está por volta dos -8 º C,  20 graus acima do que costuma ser nessa época do ano. O gelo que cobria o mar da região ou derreteu, ou está mais fino do que o costumeiro. Isso faz com que o ar frio que vem do norte vá para o sul e adentre o continente europeu. Os fortes ventos da Sibéria empurram esse frio em direção à Europa provocando a nevasca que deixou muitas cidades branquinhas de neve.

 

  • Especialistas , na tentativa de facilitar a compreensão de todos , compararam esse fenômeno ao frio proveniente de uma geladeira: “é como se a porta da geladeira do planeta tivesse sido aberta e o frio que estava preso lá dentro fosse arremessado para fora, fazendo com que o interior da normalmente fria geladeira ficasse , de fato, mais quente do que o ambiente exterior”.

 

  • Áreas onde normalmente o inverno não é dos mais rigorosos serão atingidas pelas nevascas, como a Córsega, localizada no Mediterrâneo. A ilha francesa teve uma boa quantidade de neve caindo,  pelo menos 10 cm .

 

  • Mas nem tudo são flores e o que aparentemente é só beleza, também tem um lado feio e cruel. Devido ao forte frio, mais de 50 pessoas já morreram, predominantemente em cidades da Polônia e da Ucrânia, onde os termômetros estão abaixo dos – 20 ºC e poderão chegar aos – 30ºC na próxima semana.  
  •  “A Besta do Leste” “O Urso da Sibéria” , o “Canhão de Neve” são alguns dos apelidos conferidos ao fenômeno em países como Inglaterra, Holanda e Suécia. 

Estádio do Arsenal coberto de neve

 

 

 

 

 

First snow in Naples, Italy since 1956, naples snow february 2018, naples snow february 2018 pictures

A cidade de Nápoles , no sul da Itália, normalmente uma cidade associada ao sol e calor ,  recebendo neve pela primeira vez desde 1956.

First snow in Naples, Italy since 1956, naples snow february 2018, naples snow february 2018 pictures

Nápoles

The city ground to a halt, closing schools and urging residents to stay home.

A estátua de São Pedro coberta por um manto branco de neve, em Roma.

 

Rome experienced its coldest weather in almost five years.

Roma, na Itália, que na foto parece mais com uma cidade russa

 The toddler died in the snow outside his home in Yaga, Siberia, pictured

Amanhecer na gélida cidade de Yaga, na Sibéria, onde os termômetros chegaram a agradáveis -40º C

But on Monday, the temperature in the city dropped below 20 degrees Fahrenheit, or -7 Celsius.

O Coliseu, em Roma.

sfsf

Um elefantinho come uma bola de neve no zoológico de Munique, na Alemanha.

Resultado de imagem para cold europe

Londres, na Inglaterra

sfsfngf

Pombinhas se aquecem na saída de uma central de aquecimento em Kiev, na Ucrânia.

Sem título.png

Um bando de gaivotas sobrevoa as águas do Mar Negro, que costeia a cidade de Constanta, na Romênia (cidade da jogadora Simona Halep)

Roma, uma cidade que geralmente não enfrenta invernos muito severos, nessa semana amanheceu cobertinha de neve.

sfs

Um bando de pardais e uma pomba aquecem uns aos outros na saída da ventilação do metrô de Kiev, na Ucrânia.

Vasily Maximov, AFP/Getty Images

A Catedral de São Basílio, em Moscou , na Rússia.  A cidade recebeu mais de 40 cm de neve e as nevascas já derrubaram mais de 2000 árvores, matando uma pessoa.

 

A woman shields her face while braving the abnormally cold temperatures in the Siberian city of Novosibirsk, which dropped to -35C

Mulher com os cílios e os cabelos congelados na cidade de Novosibirsk, na Sibéria, onde fez -37º C nessa semana

Sem título.jpg

Um homem observa a neve pela janela de seu apartamento, em Uzice, na Sérvia. Inclusive, essas pequenas “lanças de gelo” que se formam nos prédios são extremamente perigosas s, pois correm o risco de atingir eventuais transeuntes quando se desprendem.

fsf

Uma mulher protege um cachorrinho dentro do seu casaco em Kiev, na Ucrânia. Lá, as temperaturas beiraram os – 30º C.

  • A tempestade  “Emma”, que deve atingir a Irlanda na  quinta-feira com ameaça de provocar as maiores nevascas  desde 1982 fez com que a população corresse aos  supermercados em busca de estocar alimentos. O “alerta vermelho” foi acionado e os habitantes foram aconselhados a se manter abrigados nas províncias de Munster e Leinster entre as 16h00 de quinta-feira e às 12h00 de sexta-feira.
  • Na Bélgica, as autoridades adotaram a prática de obrigar os sem teto a se refugiarem em abrigos, visto o alto índice de mortes .
  • Na Alemanha, os abrigos passaram a funcionar 24 horas por dia e não apenas à noite, como costumeiro.

 

 

Anúncios

Sobre Miss Lou Lou

Estudante de Direito. Gosto de música, seriados,tênis e de gatos.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Anúncios

Mais recentes

Estatísticas do blog

  • 4.485.435 visitas
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: