Anúncios
Copa do Mundo, Esportes

Sedes da Copa – Samara

mapasamara.jpg

Localização de Samara no mapa da Rússia

  • A cidade de Samara é a sexta maior cidade da Rússia, com mais de 1 milhão de habitantes e situa-se na parte sudoeste do país, distante 1.057 km de Moscou, na confluência dos rios Volga e Samara . Assim como em muitas outras cidades russas, o Rio Volga desempenha um papel importantíssimo para Samara, como via de transporte fluvial , como atração turística e também serve como limite da parte oeste da cidade. O escritor soviético Vasily Aksyomov, após visitar Samara, disse : “não saberia dizer se há algum local no ocidente onde alguém conseguiria encontrar uma orla tão longa e bonita.”
  • Existe uma relação de respeito e carinho dos russos para com esse rio, que é o maior rio da Europa (corre por mais de 3.500 Km continente adentro). Das 20 maiores cidades da Rússia, 11 situam-se na bacia hidrográfica do Volga – incluindo as sedes da Copa Moscou, Kazan, Samara, Nizhny Novgorod e , claro, Volgogrado. Ou seja, a população que vive às margens do Rio Volga é de aproximadamente 56 milhões de pessoas.
  • Esse rio é tão estimado pela população russa que ganhou o apelido de “Volga Matushka” (Mamãe Volga), pois possibilita não só a vida de diversas espécies animais que habitam o local, mas também a vida da população que vive às suas margens, pois a agricultura de grande parte da Rússia depende de suas águas férteis.
File:Volga-river-samara-001-june-2016-russia.jpg

Orla do Rio Volga, na cidade de Samara

Imagem relacionada

Orla do Rio Volga , em Samara

Imagem relacionada

Monumento chamado de “Ladya”, que é a palavra designada para um barquinho tipicamente russo utilizado para pesca, comércio e até mesmo para guerras. O “barquinho”, que fica localizado em uma parte relativamente nova da orla do Rio Volga, tem 20 metros de altura e foi construído em 1986, em comemoração aos 400 anos da cidade, que à época chamava-se Kuybyshev.

  • Samara foi fundada no ano de 1586 e ganhou o status de cidade em 1688. O nome da cidade deriva da cultura de Samara, uma cultura da época da Idade do Bronze (cerca de 5 mil anos atrás) e que existiu na área onde hoje existe a cidade de Samara.
  • Reza a lenda que Aleixo, metropolita de Moscou (mais tarde canonizado e tornado santo patrono de Samara), visitou o local onde agora situa-se a cidade de Samara em 1357 e previu que “ali seria o local onde uma grande cidade seria erguida e essa grande cidade nunca seria conquistada”.
  • A partir do final do século 19 e início do século 20, Samara se desenvolveu rapidamente e era chamada de a “Chicago russa”, pelo crescimento e importância econômica para o país. Em 1935, a cidade foi renomeada Kuybyshev, em homenagem ao político soviético Valerian Kuybyshev. O nome se manteve até 1991 e , com a dissolução da URSS , a cidade voltou a se chamar Samara.
1.jpg

Monumento à Glória (Slavy Monument) , localizado na Ploshchad Slavy, uma imensa praça localizada perto das margens do Rio Volga. Esse monumento tem um pedestal de 40 metros de altura que serve como base , e , no topo, uma estátua que mede 13 metros de altura de um trabalhador carregando asas simbólicas nas mãos. Esse belo monumento, considerado como símbolo da cidade de Samara, foi feito em homenagem aos trabalhadores da aviação da cidade , na Segunda Guerra Mundial.

Imagem relacionada

  • No período da Segunda Guerra Mundial, Kuybishev (hoje Samara) , por já ser um importante pólo industrial do país , funcionou como um local de desenvolvimento e criação da indústria armamentista da União Soviética, fornecendo o fronte com munição, aeronaves de guerra, armas de fogo, etc.
  • Entre 1941 e 1943, durante o período da guerra, a cidade foi escolhida por Stalin para ser algo como uma “capital alternativa” da União Soviética, no caso de Moscou ser invadida pelos invasores alemães. A sede do governo, missões diplomáticas internacionais, várias fábricas importantes e até mesmo o famoso Teatro Bolshoi foram evacuados para Kuybyshev. Kuybyshev teve status de capital da União Soviética até o verão de 1943, quando então a capital voltou a ser Moscou.
  • O receio de invasão alemã era tanto que foi construído – no mais completo sigilo, nem mesmo os vizinhos sabiam que tipo de obra estava ocorrendo ali – um bunker subterrâneo de mais de 37 metros abaixo da terra , para que o líder soviético Josef Stalin pudesse se abrigar em caso de emergência. O bunker foi criado para ser uma cópia fiel do gabinete que Stalin tinha no Kremlin. O local nunca chegou a ser utilizado por Stalin pois, diferentemente de outros membros do partido comunista, que foram para Kuybyshev conforme as tropas alemãs se aproximavam, Stalin preferiu continuar em Moscou. Hoje em dia o local atrai turistas curiosos e funciona como um museu.
Resultado de imagem para Stalin's bunker samara

Gabinete de Stalin no bunker de Samara

Sala de reuniões no bunker de Samara

  • Após o término da Segunda Guerra, o perfil da cidade de ser um centro da indústria de armamento e defesa continuou e cresceu rapidamente , fazendo com que muitas das indústrias existentes na cidade mudassem de ramo e outras se instalassem ali. Além disso, o Programa Espacial Soviético também era desenvolvido na cidade de Kuybyshev – até mesmo o famoso cosmonauta Yuri Gagarin passou um período na cidade. Esse novo perfil da cidade fez com que Samara (à época, Kuybyshev) se tornasse uma “cidade fechada” – assim como Nizhny Novgorod , outra sede da Copa de 2018, status que permaneceu até a dissolução da União Soviética.
  • As “cidades fechadas” da União Soviética eram localidades onde haviam inúmeras restrições para acesso de visitantes. Os motivos para essas restrições eram variados: por serem bases militares importantes, por serem locais com tecnologia nuclear, outras por serem importantes centros de pesquisa que necessitavam de mais espaço ou “liberdade” que as tradicionais bases militares.
  • Era praticamente impossível ingressar nesses locais sem permissão oficial. As restrições também afetavam a vida dos habitantes dessas cidades: estes, quando saíam do local, estavam automaticamente proibidos de revelar de onde vinham àqueles que viviam fora dos muros da cidade fechada. Essa falta de liberdade e constante vigilância da população que ali vivia era “recompensada ” pelo regime soviético : os residentes das cidades-fechadas tinham acesso a melhor moradia e alimentação que em outras partes do país, assim como recebiam bônus salarial por seu sigilo.
  • Apesar de muitas cidades-fechadas terem sido “abertas” após a dissolução da União Soviética, ainda existem por volta de 40 cidades-fechadas na Rússia atual.
  • Vladimir Smirnov/TASS

    Um legítimo “Ilyushin-2”, um dos aviões que os soviéticos usaram durante a Segunda Guerra Mundial e que tornou possível a vitória deles sobre os nazistas. Mais de 15.000 modelos desse avião foram feitos em Samara – à época, Kuybyshev- para o combate dos nazistas na II Guerra. O único problema encontrado por aqueles que tiveram a idéia de criar esse monumento foi que nenhum avião remanescente do modelo “Ilyushin-2” foi encontrado nos angares das fábricas de Samara. Por sorte, foi encontrada no outono de 1970 a carcaça de um “Ilyushin-2” abatido durante a guerra , na longínqua Península de Kola, no norte da Rússia. Foi então trazido à Samara, restaurado e colocado no pedestal onde se encontra até hoje.

Resultado de imagem para train station samara russia

Estação ferroviária da cidade de Samara, a mais alta da Europa, com mais de 100 metros de altura. Construída muito provavelmente levando em conta a tradição aeroespcial da cidade – a torre principal lembra um foguete, não? – , essa estação liga Samara a Moscou e outras grandes cidades russas.

  • A Arena Samara foi construída especialmente para a ocasião da Copa do Mundo de 2018 e suas obras começaram no ano de 2014. A área da cidade em que se localiza a o estádio é residencial e , após o término da Copa, a Arena Samara será “casa” do time da cidade, o Krylya Sovetov, time da 1ª divisão do futebol russo.
  • O estádio tem um dos designs mais modernos e diferentes dessa Copa do Mundo, tendo sido construído levando em conta o histórico da cidade, que foi e ainda é um importante centro aeroespacial da Rússia.

  • Fonte: Skyscrappercity.com ; wikipedia.com ; fifa.com; welcome2018.com; samaraguru.com ; http://www.samadm.ru
Anúncios

Sobre Miss Lou Lou

Estudante de Direito. Gosto de música, seriados,tênis e de gatos.

Discussão

Um comentário sobre “Sedes da Copa – Samara

  1. Impossível acompanhar o texto e não ser distraído pelas fotos que ilustram a matéria – embora o conteúdo-, dentre elas uma me chamou a atenção a do Gabinete do Stalin no Bunker de Samara.Tinha bom gosto o Camarada.

    Curtir

    Publicado por Celso | 8 de junho de 2018, 15:20

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

Anúncios

Mais recentes

Estatísticas do blog

  • 3,733,670 visitas
Anúncios
%d blogueiros gostam disto: