Literatura, Livros

O Mateador – poema de Arabi Rodrigues

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e oceano

O quadro “Mateando”,  da artista Yassmine Uequed Pitol, inspirou uma belíssima pajada do poeta  gaúcho Arabi Rodrigues. Vale a pena lê-la: 

 

Um mate, feitio caseiro
tem sabor de pampa largo
e a consciência do encargo
de cuidar do pago inteiro.
-Quem ceva, sorve o primeiro
à frente dos convidados.
O ritual dos desgarrados,
possui conceitos fraternos,
templado ao frio dos invernos,
à mão dos abnegados.

A cuia, segue o ritual
pelo “lado de laçar”.
quem chega, tem ficar
a esquerda do “pedestal”.
-Por favor, não leve a mal,
tem que esperar tua vez,
escutas com altivez,
o que o outro, irá dizer,
para melhor compreender,
as razões dum camponês.

Mate, bebida sagrada,
sangue verde da querência;
que guarda na sua essência,
rufar de cascos, Arrancada,
céu de pátria, proclamada
ante a mão do Soberano.
Mate amargo, campejano,
descendência guarani,
nasceu e cresceu aqui,
no chão do vento minuano.

Mate amargo, tradição,
tão viva, quanto a bombacha.
“No grito de vai, ou racha”,
conserva a alma do chão;
réstia de luz, um brasão
onde a Capital se estriba,
mergulhando no Guaíba,
quando dia se desgarra,
como corda de guitarra,
“bien templada, un punto arriba”.

Me agrada, quando clareia
ao rosicler da manhã;
reverenciar o meu clã,
ao pé d’antiga candeia,
aonde o corpo mateia,
co’a alma dos ancestrais.
Palavras, toques, sinais,
ante o altar da memória.
Mate Amargo, nossa história,
na comunhão do Iguais.

N. casa do rio, junho, 25/20

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Estatísticas do blog

  • 4.693.113 visitas
%d blogueiros gostam disto: