Tênis

DROPS – Os nomes nas máscaras da tenista Naomi Osaka

– Esse post será atualizado

  • Em um mundo em que a pandemia do novo coronavírus está descontrolada e continua a fazer vítimas, a máscara se tornou ítem obrigatório no nosso dia a dia. A tenista Naomi Osaka aliou a proteção (tanto pessoal, quanto para com os outros) do uso da máscara, com uma forma de manifestação e protesto contra a violência e injustiças cometidas contra as pessoas negras.
  • Desde o torneio de Cincinatti, jogado na semana anterior ao US Open, Naomi vem utilizando máscaras de proteção com nomes de cidadãos afro-americanos que foram vítimas de violência policial, como forma de trazer visibilidade e apoiar o movimento “Black Lives Matter”, assim como prestar uma homenagem
  • Após ver uma mensagem gravada para ela, pelos pais de duas das vítimas da violência policial nos EUA,  Naomi disse que, neste momento, sentia-se como “um recipiente, a fim de espalhar consciência”. Posteriormente, a tenista fez uma postagem no Twitter, emocionada com a mensagem dos pais de Trayvon Martin e Ahmaud Arbery e mencionou que muitas vezes se pergunta se o que ela está fazendo (com relação ao uso das máscaras com os nomes das vítimas da violência e injustiça (principalmente por parte da polícia) e o apoio ao movimento Black Lives Matter ) está ressoando e atingindo o tanto de pessoas que ela gostaria que estivesse atingindo.

  • Na sua estréia no US Open 2020, Naomi entrou na quadra Arthur Ashe usando uma máscara com o nome de Breonna Taylor. O caso de Breonna , inicialmente, não teve grande divulgação pela maior parte da imprensa. O grande público não teve conhecimento da morte da jovem de 26 anos , até que houve o caso de George Floyd, cujas imagens chocaram o mundo todo e motivaram as pessoas a protestar contra a violência e injustiças cometidas contra a população negra, nos EUA e em diversos outros países. Breonna era técnica em emergências médicas em um hospital de Louisville, no estado do Kentucky, e foi morta com 8 tiros após policiais invadirem o apartamento em que estava com seu namorado. Perto da meia noite, policiais em uma investigação contra tráfico de drogas, arrombaram a porta do apartamento fazendo uso de um “no knock warrant”, um mandado emitido por um juiz que permite se entre em uma propriedade sem notificação imediata do morador. Segundo o namorado de Breonna, os policiais que bateram  à porta do apartamento em nenhum momento se identificaram, mesmo após ele e Breonna perguntarem diversas vezes quem batia. O namorado, portador de arma, atirou quando a polícia derrubou a porta, pois ele e Breonna intuíram que seriam assaltantes. A polícia respondeu com 20 tiros, alguns atingindo apartamentos vizinhos e 8 deles atingindo e matando Breonna Taylor.
.

Breonna em sua formatura

Naomi Osaka usa máscaras para protesto antirracista no US Open | tênis | ge

 

  • Em seu segundo jogo, Naomi homenageou o jovem Elijah McCain.
  • Pessoalmente, tive conhecimento da história de Elijah por meio de um stories publicado pela tenista americana Sloane Stephens e a brutalidade do crime que foi cometido contra ele me entristeceu e me tocou profundamente, pois Elijah, assim como eu, era um amante dos animais.
  • Elijah McCain era massagista e nunca havia cometido nenhum crime em toda sua vida. Sua família e amigos o descreviam como “um pacifista, vegetariano, atleta, espiritual, que era extremamente gentil”. Quando Elijah era criança, a mãe decidiu se mudar da cidade de Denver, no Colorado, para Aurora (no mesmo estado) a fim de criar os filhos em uma cidade menor, mais pacífica, e assim evitar o contato das crianças com “gangues”. Elijah foi educado em casa, algo muito comum e permitido nos EUA, e aprendeu a tocar sozinho o violino. Bondoso e apaixonado por animais, Elijah fazia questão de , nas suas horas vagas durante o almoço, ir até o abrigo de animais local e tocar violino para os gatos abrigados. Ele acreditava que a música acalmava os gatinhos.

Elijah McClain played violin for lonely kittens. His last words to police are devastating. - Upworthy

  • Na noite do dia 24 de julho de 2019, a polícia da cidade de Aurora recebeu uma ligação a respeito de uma pessoa “suspeita, usando uma máscara e movendo os braços. A pessoa disse que o cidadão não aparentava estar armado e que ninguém estaria em perigo.  Elijah havia saído de casa para ir até uma loja de conveniência comprar chá gelado para seu irmão e usava no momento da abordagem uma máscara de ski ,por que, segundo sua irmã, tinha anemia e às vezes resfriava-se. Amigos comentaram que o movimentar de braços relatado pela denúncia feita à polícia, era provavelmente Elijah dançando. A irmã dele também contou que ele estava desarmado e ouvia música no momento da abordagem. Os policiais relataram que Elijah reagiu à abordagem inicial. Então, os três policiais  contiveram Elijah durante 15 minutos , o que o fez vomitar várias vezes , pela dificuldade de respirar . Enquanto o algemavam, um dos policiais aplicou um golpe de estrangulamento, o que levou Elijah a desmaiar brevemente. Quando os paramédicos chegaram, foi ministrada uma dose alta de cetamina, um anestésico. Elijah sofreu um ataque cardíaco e três dias depois foi declarada sua morte cerebral.

Naomi Osaka Elijah McClain Mask Triggers Right-Wing PC Police to Have a Nervous Breakdown - YouTube

 

  • Na terceira rodada, Naomi usou uma máscara com o nome de Ahmaud Arbery. Ahmaud era um jovem de 26 anos, que em fevereiro desse ano foi morto por dois homens brancos – Gregory e Travis McMichael , pai e filho – ao sair para se exercitar nas ruas de Brunswick, no estado americano da Geórgia. Segundo depoimento de Gregory, ele e o filho saíram de carro, armados com uma espingarda, pois acharam que Ahmaud se parecia com um suspeito de uma série de invasões a casas da região. Apesar de Gregory afirmar que eles só dispararam por que Ahmaud atacou Travis, imagens mostram os dois esperando por Ahmaud , abordando o jovem, que estava desarmado, e disparando nele à queima-roupa.

 

Audiência traz novos detalhes sobre morte de Ahmaud Arbery - Notícias - R7  Internacional

 

  • A mãe de Ahmaud disse que , após o assassinato do filho, a polícia alegou que ele estaria envolvido em um roubo antes do acontecimento. Porém, a família insiste que o jovem não era criminoso , que estava desarmado e que essa alegação feita pela polícia foi uma tentativa de mudar o foco da investigação e encobrir o crime.

 

 

 

Sobre Miss Lou Lou

Estudante de Direito. Gosto de música, seriados,tênis e de gatos.

Discussão

Nenhum comentário ainda.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Estatísticas do blog

  • 4.732.525 visitas
%d blogueiros gostam disto: